A violência no futebol brasileiro

Por Mohamed Fahs

O futebol brasileiro mais uma vez virou palco de violência entre torcedores, resultando em feridos e em casos extremos a morte, estes atos vem se tornando algo comum dentro desse esporte que é admirado e assistido no país, o futebol virou vitrine pra violência.

Ao longo desse ano foram inúmeras notícias de violência, brigas generalizadas e vandalismo, atos gerados por pessoas que se dizem “torcedores”, mas na verdade são marginais que usam o futebol como forma de desculpa para arrumar uma briga. Em vez de marcar um churrasco com os amigos preferem marcar uma briga num terminal de ônibus ou trem, tendo como objetivo mostrar dominância.

Recentemente teve a confusão no jogo entre Coritiba contra Palmeiras no Couto Pereira, em que torcedores no lado de fora do estádio realizaram um abriga generalizada que resultou em diversos feridos e uso de gás de pimenta pela polícia local, para conter e parar de alguma forma a violência.

Não se engane que somente torcedores brigam entre eles pra mostrar superioridade, no início houve inúmeros casos que torcedores tentar machucar jogadores do próprio time ou do time rival, realizando atentados contra o ônibus que escoltava as equipes, eram arremessados pedra e tijolos no intuito de acertar alguém ou dentro do próprio estádio, que tentavam invadir o campo pra agredir um atleta profissional.

Muito se questiona quando isso vai acabar, a princípio isso nunca terá um fim, já que cada vez mais vem tendo mais casos e um pior que outro, tentaram encontrar soluções, como no Estado de São Paulo, que proibiu torcidas visitantes nos clássicos paulistas, com o intuito de diminuir o número de violência em dia de clássico, o que não deu certo, pois continua tendo brigas generalizadas, tal medida foi adotada no ano de 2016 pelo secretário de segurança pública do estado, Alexandre de Moraes e pelo então promotor do Ministério Público, Paulo Castilho.

Outras medidas foram adotadas com objetivo de diminuir tais casos, mas nenhuma deu resultado, um espetáculo maravilhoso que é o futebol, vem sendo manchado por sangue, gritos, choros e também por gás de pimenta, o que era pra ser um momento de alegria entre o pai e filho no estádio ou entre amigos em um bar, vem sendo dominado pelo terror e medo gerado por uma violência sem fim, muito se acredita que um dia irá acabar, mas até o momento estes atos vêm sendo costumeiros dentro do esporte.

2 comentários sobre “A violência no futebol brasileiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s