Movimento por medicina na Unioeste Foz ganha mais um reforço

A ação popular lançado em 2021 em defesa do curso de medicina no campus da Unioeste de Foz do Iguaçu e que vem coletando assinaturas de estudantes, professores, jovens trabalhadores e entidades, ganhou mais força nos últimos dias.

A última adesão foi do deputado estadual Goura (PDT), que apresentou via Assembleia Legislativa do Paraná um pedido de informações sobre as possibilidades da implantação do curso pela universidade.

Segundo o parlamentar, que esteve em Foz do Iguaçu em novembro, a demanda foi apresentada e reforçada pelo Coletivo Cidadania de Foz do Iguaçu. “Nas palavras da Emily Rodrigues, estudante de antropologia e vice-coordenadora do Coletivo, a Unila realizou um grande sonho dos iguaçuenses com a vinda do curso de medicina, mas seria muito melhor se a Unioeste também pudesse ofertar a graduação.”, explicou Goura no documento.

O deputado relembrou ainda que a Unioeste já conta com um tradicional curso de enfermagem e a cidade possui programas de residências médicas e dois hospitais de referência, além dos inúmeros estudantes de medicina que moram aqui e estudam no Paraguai.