Guia de Artistas de Foz: artistas locais que têm trabalhos relevantes

Quem acompanha nossos posts aqui no blog já sabe que sempre relembramos artistas que já passaram pela exposição do Instagram. Hoje, vamos relembrar (u para quem ainda não viu, conhecer) o trabalho de três artistas que têm propostas muito diferentes, mas igualmente relevantes para a cena artística local.

A seguir, conheça os trabalhos de Henrique Pasini, Raquel Viana e Thaís Marcon:

Henrique Petroski Pasini

Desde pequeno, é apaixonado por quadrinhos e jogos (especialmente jogos antigos), e quando desenha, gosta de alternar entre os estilos de acordo com o que está sentindo no momento. Quando desenha seus personagens, gosta de pensar em qual seria a história deles, e mesmo que nunca desenvolva, imagina que continuam existindo e vivendo além das imagens, independentes da sua vontade, em histórias continuadas pela imaginação de quem vê. Seja em pixel art ou desenho digital, seu intuito é sempre tentar criar algo divertido e que lembre das obras que fizeram parte do seu crescimento.

pessoa de smoking segurando um cigarro no lugar da cabeça, há uma caixa de cigarros escrito "smoking kills"
Ilustração de Henrique Pasini

Raquel Viana

Raquel Viana é iguaçuense, bióloga de diploma e artista de coração. Desde sempre foi fascinada pela arte. Usava muito grafite, e hoje gosta de finalizar com canetas nanquim e, de vez em quando, experimentar aquarela. 

É muito influenciada por arte urbana, cartoons e HQ, mas apesar de ter um estilo predominante, vê beleza na diversidade de estilos, e isso a impulsiona a tentar novas coisas e descobrir novas técnicas que, para ela, fluem melhor.

Desenho em caneta (fine line) que retrata três pessoas, dois meninos em pé e uma menina sentada
Desenho de Raquel Viana

Thaís Regina Marcon

Thaís Regina Marcon é Graduada em Ciências Biológicas, Mestre em Conservação e Manejo de Recursos Naturais e Doutora em Engenharia Agrícola pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Possui formações complementares em desenho em grafite, tinta a óleo, aquarela e mandalas.

“Sempre amei a pintura, aos 8 anos entrei em um curso com tinta a óleo no qual fiquei até os 16 anos. Aos 18 anos, durante minha graduação em Biologia, conheci a ilustração científica, fiz curso de com a técnica grafite, nanquim e aquarela, passei a fazer ilustração de pranchas botânicas para artigos científicos, quando me mudei para Foz do Iguaçu no início de 2017, conheci e me apaixonei pelas mandalas, entrei para uma escola de mandalas online, e hoje dedico meu tempo fazendo o que mais amo que é ilustrar, como forma de levar conexão, cura e amor para o mundo”.

Ilustração em aquarela de um útero com maracujás e a flor do maracujá. Também há a frase "nosso útero é um portal entre mundos"
Ilustração de Thais Marcon

No post de hoje trouxemos mais três artistas locais para você conhecer! Não deixe de seguir os instagrams das/do artistas para acompanhar e apoiar seus trabalhos: @pasiniart, @inkseinks e @thaismarcon.artelivre (clique nas @s para ser redirecionade).

Para ver mais artistas locais, clique aqui.