Muites artistas visuais já passaram pelo Guia no último ano — como dito no nosso primeiro post, mais de 60. O que faz o projeto ser interessante, além da divulgação, é poder visualizar a diversidade de trabalhos que existem na cidade. São vários estilos e linguagens diferentes, criações de pessoas com contextos diferentes também.

Além da quantidade de artistas já divulgades, um outro número que nos deixa bastante feliz é que mais da metade das artistas que divulgamos são mulheres, e os primeiros posts da página contaram majoritariamente com mulheres.

No post de hoje, você vai conhecer 4 dessas mulheres artistas visuais de Foz que tiveram seus trabalhos expostos logo na primeira semana do Guia e seguem na ativa, produzindo desenho, pintura, ilustração digital, fotografia e lettering aqui na cidade.

A seguir, conheça o trabalho de Carol Tavares, Rosie Ames, Thais Neris e Laura Zanon:

Carol Tavares

Carol Tavares é ilustradora e artista visual, e através da arte busca expressar sentimentos e defender causas. Trabalha com lettering, aquarela e arte digital, além disso também tem um pézinho em design, mais especificamente flat design. Trabalha com arte mas não é sua principal fonte de renda; a artista acredita que as pessoas infelizmente não valorizam tanto a arte no Brasil, até mesmo em Foz do Iguaçu. 

Lettering art "focus on where you want to go not on what you fear" desenhado em um caderno. Ao lado do caderno estão vários itens como canetinhas, fitas adesivas e papeis.
“Focus on where you want to go not on what you fear” – Lettering de Carol Tavares

Rosie Ames

A artista paranaense Rosie Ames é pedagoga, formada em arte e educação, pós graduada em educação especial e arte e inclusão. Nasceu em Guaíra, viveu em frente a comunidades indígenas, e desde sempre teve contato com comunidades quilombolas. Em 1999, Rose começou a pintar obras críticas que foram fortemente influenciadas pelo contexto em que vivia. Em 2012, a artista expôs seu trabalho pela primeira vez em Cascavel, e mudou-se para Foz do Iguaçu em 2015. Em 2020, Rosie participou do GUIA MOSTRA, com exposição montada no Café com Passagem.

Pintura a óleo que retrata 3 mulheres pretas, em 3 gerações diferentes: uma jovem, outra de meia idade e outra idosa. Entre cada uma das mulheres há uma corrente.
“Maria Preta” – pintura a óleo de Rosie Ames

Thais Neris

Thais é natural de Goiânia – Goiás, residente de Foz do Iguaçu desde 2012. Ao cursar Publicidade e Propaganda, em 2013, apaixonou-se imediatamente por Fotografia, sendo o Fotojornalismo sua principal admiração. Tem como referências os fotógrafos Sebastião Salgado, Kevin Carter e Evandro Teixeira. Os filmes The Bang Bang Club/Repórteres de Guerra (2010) e The Secret Life of Walter Mitty/ A vida Secreta de Walter Mitty (2013), são suas principais fontes de inspiração. Além do Fotojornalismo também trabalha com outros estilos fotográficos.

Fotografia que retrata duas meninas sorrindo com os cabelos esvoaçando. Uma delas segura o guidom da bicicleta.
“O olhar da esperança” – fotografia de Thais Neris

Laura Zanon

Laura Zanon Irineu nasceu na pequena cidade de São Miguel do Iguaçu, mas viveu sua vida toda em Foz do Iguaçu, PR. É estudante de Letras Português e Inglês na Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Além disso, é professora de língua inglesa em uma escola de idiomas e essencialmente artista. 

Sua relação com a Arte é de cumplicidade. Ela a acompanha antes mesmo de saber ler, escrever ou desenhar. Seja a literatura, a música, a culinária, as artes visuais ou a dança. A Arte faz parte de quem ela é.

Escreve poesias, faz ilustrações e pinturas. É no papel que deposita todas as histórias que carrego consigo – histórias suas e de outras antes dela. Por isso, o nome de seu projeto artístico é Diário de Bordo. Gosta de expor experiências do cotidiano, a mulher negra, o corpo feminino, as erupções internas, os conflitos e a mente. 

Faz obras em aquarela e digitalmente. Gosta de brincar com as cores quentes e os traços precisos. A sensação de liberdade e compreensão é o que a motiva a criar, se sente presente.

Laura também participou do GUIA MOSTRA, com a exposição “Carinho”, montada na Pagu Café & Pub.

Ilustração digital de um busto de uma mulher preta com feição séria. Sai uma orquídea do olho da mulher, e a flor se enrola por todo seu cabelo.
“Autodefesa” – ilustração digital de Laura Zanon

O post de hoje foi sobre 4 artistas visuais de Foz do Iguaçu que você precisa conhecer! Além desses trabalhos que estão aqui no post, você pode encontrar outros lá no Insta do Guia, e claro, nos perfis das próprias artistas.

Não deixe de segui-las para acompanhar seus trabalhos e projetos futuros!

Gostou desse post e dos outros conteúdos que o Guia promove? Então que tal apoiar nosso projeto através do apoia.se? Saiba mais clicando aqui!

Um abraço e até semana que vem!