Socorro! Os comunistas estão dominando o mundo!

Os comunistas estão dominando o mundo e já espalham o terror pela América Latina. Taxaram grandes fortunas na Argentina e na Bolívia, e agora os hermanos legalizam o aborto. Só pode ser coisa da Internacional Comunista!

Não é de hoje que a esquerdalha taxa os coitadinhos dos ricaços. A Argentina teve mudanças nesse ano mas em tese o imposto existe desde 1974. Também existe o tal imposto na Suíça, França, Noruega, Alemanha, Espanha, Itália, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Uruguai, Colômbia e deveria haver no Brasil, já que é previsto pela constituição de 1988 (IGF). Em comum: apenas países comunistas.

Na área dos direitos sociais, ou direitos socialistas, que a esquerdalha adora inventar, o aborto é permitido sob solicitação da mulher em quase todo o hemisfério norte. Países comunistas como os Estados Unidos e o Canadá, a maior parte da Europa, Rússia, China, também Austrália, África do Sul e Moçambique.  É também permitido em defesa da saúde física e mental ou por motivos sociais ou econômicos em mais uma boa série de países. Apenas 26 países no mundo proíbem o aborto. Um bom mapa para buscar esse tipo de informação está em https://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2020/08/23/interna_gerais,1177752/em-67-paises-interromper-gravidez-e-decisao-da-mulher-conheca-as-lei.shtml

Agora além de tudo a esquerda quer dizer que é responsabilidade do governo federal apresentar um plano de vacinação, correr atrás da vacina. Mal deixam o mito jogar bola. Qual o motivo de tanta pressa pra virar jacaré? Veja que países comunistas como os Estados Unidos já estão vacinando, Londres que fica ali a pouco menos de 4 horas de avião de Moscow também já está, poucos países tem um plano tão eficiente quanto o brasileiro, de tratar a Covid com remédio pra piolho e pra verme.  Ao contrário, a Argentina, aqui do lado, comunista, entra para a lista dos que estão vacinando, como dezenas de países ao redor do mundo, cegos pelo marxismo cultural.

Este texto contém ironia. A grande questão é que estas pautas não têm nada de comunista, esquerdista, socialista, lulista ou o que você imaginar. São propostas científicas, uma proposta por economistas, outras duas por especialistas em saúde, para combater realidades graves que nos rodeiam. Durante a pandemia, muito se escreveu em diferentes portais na internet sobre a taxação de grandes fortunas como forma de arrecadar dinheiro para investir na saúde, no enfrentamento à Covid marcado muitas vezes pela falta de leitos, medicamentos ou mesmo médicos. Muito bem se sabe também que o aborto ilegal se realiza, e que muitas mulheres morrem em decorrência destes processos nem sempre escolhidos por elas, mas também por vezes por parceiros ou família. E bem, segundo estimativas, apresentadas pelo G1, vacinas salvam mais de 3 milhões de vidas a cada ano. Aparentemente, o número de pessoas que se tornam comunistas todos os anos é inferior a 3 milhões.

É importante seguir os cuidados pessoais contra a Covid-19. Faça pela sua saúde e também pela saúde daqueles ao seu redor. No momento da redação desse texto, temos 192.681 mortes no Brasil.

João Cararo é estudante de Relações Internacionais e Integração na Universidade Federal da Integração Latino-Americana.