turismo: jetsmart inicia operação em foz do iguaçu

luiz henrique dias

primeiro pouso em foz do iguaçu 

voo JA 560 pousou às 17:10 no aeroporto internacional cataratas e foi recebido pelo prefeito municipal, chico brasileiro, e pelo secretário municipal de turismo e desenvolvimento econômico, e uma das peças chaves na expansão das rotas para a cidade, gilmar piolla.

próximo às 19h00, já como JA 561, o Airbus 320, de fabricação francesa, decolou de Foz e seguiu novamente para Santiago.

prefeito chico recebe o primeiro voo da companhia

os voos seguirão acontecendo, inicialmente, às quintas e aos domingos, e a companhia promete seguir a linha low cost e oferecer a rota a u$ 74 por trecho.

mercado aéreo brasileiro

desde de a quebra do monopólio da infraero na gestão dos terminais, das mudanças na relação entre a regulação estatal e as companhias e da publicação da medida provisória 836/18, ainda no governo de michel temer, que estabelece a abertura do mercado para companhias aéreas brasileiras formadas por capital 100% estrangeiro (antes, as empresas sediadas no país precisavam de, no mínimo, 80% de capital nacional), o brasil experimenta um outro momento em sua operação aérea civil.

críticas e elogios à parte, diversas companhias se sentiram atraídas em atuar no mercado brasileiro, parte pelo clima de abertura, parte pela expansão da procura por destinos regionais ou internacionais de baixa distância. 

e o destaque, certamente, fica para as chamadas “de baixo custo” (low cost). 

já em setembro, a chilena sky airline pediu autorização para oferecer rotas, assim como norwegian, flybondi, virgin atlantic e a jetsmart, todas já operando. 

a air china promete também oferecer voos, assim como a gulf air. 

para todas elas, a autorização da cobrança por despacho de bagagem, também liberada pelo governo e depois reafirmada pelo congresso, ajuda na manutenção dos preços. 

para os próximos meses, a anac promete simplificar também os processos de autorização de operação no país.

jetsmart

a companhia, pertencente a um fundo americano, indigo partners, vem oferecendo voos regulares entre salvador, na bahia, e santiga, no chile, e partir de hoje (5), utilizando o modelo 320 da airbus, vai também ofertar dois horários semanais (ida e volta) entre foz do iguaçu, no paraná, e a capital chilena. 

foto: flightradar24

a rota mais cobiçada, ligando guarulhos a santiago começa a funcionar em março, segundo a companhia, que opera com 11 aviões e tem uma encomenda de 104 novos jatos da fabricante francesa airbus para os próximos dois anos. 

outras rotas internacionais ligando foz do iguaçu

há poucos dias, outra companhia, a amaszonas bolivia, iniciou também suas operações ligando foz a santa cruz de la sierra, na bolívia, com três frequências semanais (segundas, quartas e sextas), utilizando o modelo 190 da embraer, de fabricação brasileira, aeronave utilizada também pela azul.

com os novos voos e suas conexões, a cidade passou a ter rápida ligação com outras partes da bolívia e com o interior do paraguai, uruguai e chile.

amaszonas (divulgação)

para 2020 e 2021, com o final da reforma do terminal de passageiros, a inauguração dos fingers com ar condicionado e expansão do comprimento da pista, novas rotas internacionais, inclusive com a europa, são esperadas para foz, bem como aviões de maior capacidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s